713532253792788 998039341214995 232890003076848
top of page
  • Foto do escritorsejaaguia

10 Alimentos probióticos: o que são, benefícios, exemplos e lista




Cada vez mais tem se pesquisado sobre a importância do nosso intestino para nossa saúde. Esse mesmo intestino que antes era pouco explorado nos estudos científicos, hoje já ganha um papel enorme nas pesquisas devido a sua proporção que tem tomado tanto nos estudos científicos quanto para a nossa saúde.

Nesse sentido é importante entendermos como funciona o intestino e sua composição para que, assim, apareçam estratégias benéficas para a modulação intestinal. 

Nosso intestino é composto basicamente por bactérias benéficas para nossa saúde e bactérias maléficas, ou também chamadas de patogênicas. 

Assim, dependendo da nossa alimentação temos um estímulo maior para a sobrevivência das bactérias benéficas e patogênicas.

Essas bactérias patogênicas podem desencadear diversos sinais e sintomas que levam o nosso organismo a um prejuízo da nossa saúde, como por exemplo o aumento da inflamação corporal, o aumento da resistência à insulina, desregulação glicêmica e diversas outros prejuízos que afetam desde o nosso bem-estar e disposição até mesmo os processos de cognição e movimentos do nosso corpo.

Entretanto também temos as bactérias benéficas, que são chamadas de probióticos, é através delas que nós melhoramos a nossa saúde com a menor inflamação do nosso organismo, a diminuição da resistência à insulina, a ativação maior de ácidos graxos e de oxidação de gorduras no nosso corpo, e outras diversas funções benéficas para nossa saúde.

Por isso, hoje nós falaremos sobre a importância dos alimentos probióticos para manter essas bactérias benéficas vivas em nosso intestino e gerar diversos benefícios que vão desde a estética até a melhoria da nossa saúde em geral. 

Então, pegue papel e caneta na mão que mostraremos diversas dicas de alimentos probióticos como incluí-los no seu dia a dia.

O que são alimentos probióticos?

Os alimentos probióticos são classificados dessa forma pois possuem quantidades significativas de bactérias que geram benefícios ao nosso organismo. Assim, quando nós fazemos a ingestão de probióticos naturais estamos ingerindo uma quantidade significativa de bactérias que irão colonizar o nosso intestino e gerar diversos efeitos positivos para nossa saúde.

Para que servem os alimentos probióticos?

Os alimentos probióticos servem para regular a nossa flora intestinal, ou seja, eles funcionam acrescentando bactérias benéficas a nossa saúde em nosso intestino e assim essas bactérias geram diversas respostas fisiológicas como por exemplo uma maior produção de citocinas anti-inflamatórias auxiliando a regulação da inflamação no organismo. 

Além disso, diversos estudos têm demonstrado que essas bactérias conseguem produzir ácidos graxos de cadeia curta (AGCC), como o butirato, propionato e o acetato, que atuam modulando a pressão arterial em nosso organismo.

Hoje em dia, diversos estudos científicos já têm demonstrado que esses alimentos probióticos têm a capacidade de melhorar a sensibilidade à insulina em nosso organismo. Assim como diminuir o acúmulo de gordura no fígado, além de melhorar a oxidação de gorduras no músculo.

Outro dado interessante são os benefícios do probiótico natural para o intestino em nosso humor e bem-estar, afinal de contas nosso intestino é responsável por grande parte da produção de serotonina, um neurotransmissor responsável pelo nosso humor e bem-estar ao longo do dia.

Assim o maior consumo de alimentos probióticos pode favorecer nossa saúde mental e nosso humor ao longo do dia.

10 benefícios dos alimentos probióticos

Você verá que existem inúmeros benefícios dos alimentos probióticos para a flora intestinal e também para toda a nossa saúde melhorando, assim, diversos raciocínios em nosso corpo.

Melhora a digestão

Uma das características dos alimentos probióticos é a sua capacidade de melhorar a digestão e a absorção dos nutrientes em nosso intestino, isso ocorre pois na inclusão de probióticos para o intestino nós temos um estado favorável de absorção dos nutrientes e de digestão dos macronutrientes.

Esse processo favorável de digestão pode contribuir para melhor absorção das vitaminas e minerais e promover um estado de melhor disposição do nosso organismo ao longo do dia a dia.

Aumenta a imunidade

Hoje em dia nós também sabemos que o intestino tem uma importante função no sistema imune, pois quando trabalhamos com probiótico natural para o intestino temos uma maior produção de imunoglobulinas A (IgA) e diversas outras citocinas que auxiliam no combate aos agressores que chegam no intestino, como por exemplo as bactérias e até mesmo vírus.

Assim a inclusão de alimentos probióticos têm a capacidade de gerar um estado anti-inflamatório no intestino e favorecer a melhora da imunidade.

Previne a diabetes, gastrite e pressão alta

Outra característica importante dos alimentos probióticos para a flora intestinal é a capacidade de regular a glicemia e auxiliar no combate à diabetes. Mas também temos um grande papel dos alimentos probióticos na modulação da gastrite através de uma proteção estomacal e intestinal.

Ainda, diversos estudos já vêm mostrando a capacidade dos probióticos consumirem os alimentos probióticos que são oferecidos ao intestino e produzirem ácidos graxos de cadeia curta, como por exemplo butirato, que tem um impacto positivo na diminuição da pressão arterial sanguínea.

Esse impacto dos alimentos probióticos na pressão arterial contribuem de forma significativa para a modulação da nossa pressão ao longo do dia e impede que a pessoa tenha a pressão alta com essa alimentação mais equilibrada.

Diminui a inflamação

Como dissemos anteriormente, temos um grande papel dos alimentos probióticos no estímulo de células do sistema imune e de citocinas e imunoglobulinas que trabalham no processo anti-inflamatório com o objetivo de diminuir a inflamação do corpo e auxiliar na saúde do nosso organismo.

Esse papel dos probióticos para o intestino tem uma grande importância em pessoas com obesidade ou que estão com alto índice de inflamação no organismo, que pode ser causado por alguma doença ou alguma situação específica de inflamação.

Aumenta a saciedade

Também é importante destacar o papel dos alimentos probióticos na regulação da saciedade, gerando uma diminuição na fome e aumento da saciedade.

Isso ocorre pois, na maioria das vezes, em uma alimentação saudável teremos a oferta de alimentos probióticos, como por exemplo o iogurte, e também de alimentos prebióticos, como por exemplo a salada, os legumes, a aveia e a granola.

A combinação de alimentos probióticos as fibras geram um maior estado de saciedade em nosso organismo e consequentemente não temos tanta fome ao longo do dia, facilitando até mesmo a adesão em uma dieta.

Regula o intestino

A inclusão de alimentos probióticos para a flora intestinal tem um grande papel em auxiliar a regulação do intestino através de um menor grau de inflamação, um aumento de saciedade, e a formação adequada das fezes, auxiliando no trânsito intestinal e facilitando a nossa ida ao banheiro para evacuar ao longo do dia.

Diminui a gordura no fígado

Outro dado importante de lembrarmos é que a regulação do intestino atua diretamente no fígado diminuindo o seu acúmulo de gorduras e facilitando a oxidação de lipídios nesse fígado com o objetivo de diminuir a inflamação hepática e melhorar a saúde da pessoa.

Atua como regulador de peso

Diversos estudos também têm demonstrado que a regulação do nosso intestino com alimentos probióticos favorece a perda de peso, devido à sua capacidade de diminuir a inflamação e auxiliar na oxidação de lipídeos e na regulação da fome e saciedade em nosso corpo.

Melhora a saúde óssea

Por mais que os alimentos probióticos não tenham uma ação direta na melhora da saúde óssea através do intestino e a sua regulação intestinal, é importante lembrar

Que os alimentos probióticos podem ter grandes quantidades de cálcio, como por exemplo o iogurte.

E com uma absorção mais eficiente do intestino pela inclusão de alimentos probióticos para a flora intestinal podemos ter uma melhor absorção de cálcio e o favorecimento da Saúde óssea em nosso organismo.

Libera antioxidantes

Uma última característica, porém, não menos importante é a capacidade dos alimentos probióticos estimulam um ambiente anti-inflamatório em nosso intestino e auxiliam na produção de antioxidantes, que são compostos bioativos que favorecem a nossa saúde em nosso intestino e nosso corpo.

Esses antioxidantes têm a capacidade de diminuir os radicais livres produzidos pelo excesso de poluição no ambiente e pelos agrotóxicos e todas as outras toxinas presentes nos alimentos, impedindo assim que o nosso corpo fique inflamado.

Alimentos probióticos: lista completa para incluir na sua dieta

Como deve ter percebido os alimentos probióticos desempenham diversas funções benéficas no nosso intestino, então preparamos uma lista para você saber quais alimentos consumir:

  • Alimentos à base de soja e fermentados

  • Pão de fermentação natural

  • Iogurte

  • Coalhada

  • Chucrute

  • Picles

  • Kefir

  • Leite de soja

  • Queijo branco

  • Leite de vaca

Veja que diversas são as opções de alimentos probióticos em nossa dieta, e o mais interessante, são alimentos probióticos naturais. Então uma boa estratégia é incluir alguns, ou a maioria deles em sua rotina.

Sempre lembrando que você não precisa consumir todos esses alimentos de uma única vez ou em um único dia. É importante você trabalhar com a variedade, ou seja, em um dia você consome dois ou três da lista, no outro dia você ingere outras opções. Assim a dieta não se torna monótona e você consegue executar por mais tempo.

Como os alimentos probióticos funcionam?

Veja que existem diversos alimentos que você pode incluir no seu dia a dia e que podem atuar no seu intestino regulando diversas funções que nós citamos ali em cima, como ajudar na sua saciedade, na função intestinal através das fezes, na oxidação de gorduras e na diminuição de fome.

Quem pode consumir alimentos probióticos?

É importante lembrar que todo mundo pode consumir alimentos probióticos, pois eles são alimentos naturais. Entretanto é importante você consultar uma nutricionista para verificar se você não tem nenhuma doença intestinal ou alguma complicação no seu trato gastrointestinal que precise ser ajustado antes de incluir qualquer tipo de alimento.

Como consumir alimentos probióticos?

Você pode consumir esses alimentos ou de forma separada ou combinado com alguns outros alimentos para te dar mais sabor e adesão à dieta.

Por exemplo no caso do iogurte, existem pessoas que gostam de consumir o iogurte de forma separada, mas também existem pessoas que preferem colocar o iogurte com alguma fruta e uma granola ou aveia e um pouco de Whey protein em uma tigela e consumir tudo junto, tornando a refeição mais saborosa e prazerosa.

Qual é o melhor horário para consumir probióticos?

Os probióticos podem ser consumidos a qualquer horário do dia, o que mais importa é consumi-los ao longo do dia, para garantir uma oferta de bactérias benéficas ao organismo de forma constante.

Porém lembre-se que, ao longo do seu dia, sua dieta precisa ser a mais saudável possível. Pois você ingerir alimentos probióticos em um horário, e em todos os outros momentos do dia acabar ingerindo alimentos ricos em açúcares e gorduras saturadas será um prejuízo para o seu intestino e seu organismo.


Conclusão

Veja que existem diversas opções de alimentos probióticos para você inserir em sua dieta e melhorar as diversas funções que falamos em nosso artigo, tente implementar esses alimentos ao longo do tempo e verá que sua saúde terá uma grande melhora.

Espero que tenham gostado, pessoal! Continuem nos acompanhando para terem mais informações sempre. Sigam nossos canais no instagram @pedroaguia7 e a Integral Tv no Youtube: https://youtube.com/@PedroAguiarAguia7?si=m9QH1LxyO2nypEXl

Abraços e até a próxima!


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page